Game of Thrones: O penúltimo episódio | Review

Os Sinos…

 

Como é de praxe, nós teremos SPOILERS aqui, portanto se ainda não assistiu ao episódio, recomendo que só leia depois!

 

Última chance… Não digam que não avisei que podem ler spoilers aqui…..

 

Como era de se esperar, uma vez que os produtores deixaram tudo para se resolver nessa temporada e ainda usaram dois episódios sem resolver nada, mais uma vez outra parte da história da série que poderia durar mais tempo e render boas tramas, foi resolvido num só episódio. 

O que tivemos, ou não tivemos nesse quinto e penúltimo episódio da série:

Traições

Esse é mais um motivo que vem perturbando a cabeça de Daenerys Targaryen. Nesse penúltimo episódio da série, vemos uma Khaleesi, quase zumbi, muito chateada por ter sido traída por Jon Snow, pois havia pedido ao seu amado que guardasse o segredo de sua linhagem Targaryen e o mesmo não o fez. Agora o “segredo”, ao que tudo indica, foi espalhado por Varys e por isso a Rainha condena seu conselheiro à morte (porque para ela não existe outra punição).

Tyrion é outro que trai a rainha, ao libertar Jaime, em uma tentativa desesperada de evitar um derramamento de sangue inocente. Mesmo sabendo que, provavelmente, isso lhe custará sua vida.

Mas o honrado Jon Snow, segue jurando lealdade à sua amada, por mais insana que possam ser suas decisões… Ele tem se tornado um coadjuvante, quando todos esperavam que se tornasse protagonista, talvez seja uma tentativa de nos “surpreender” e no fim colocarem ele no trono, mas não tenho gostado do que estão fazendo com esse personagem.

Estratégia

Não teve! A verdade é essa! Se era pra ela tacar o dragão em cima das bestas que matam dragões e queimar tudo, ela deveria ter feito isso no episódio anterior… Inclusive teria salvado Missandei e mais um monte de soldados seus, que ela deixou pra trás ao fugir. Mas as cenas com o dragão foram muito bem feitas, isso é inegável.

Em um episódio a série nos faz crer que um dragão não tem a mínima chance contra aquelas armas, aí no episódio seguinte é só voar contra o sol que ninguém consegue acertar uma seta gigante daquela sequer!?!?! Fica difícil!

Loucura

Apesar de todos os esforços de Tyrion em aconselhar a Mãe dos Dragões a não atacar Porto Real e não derramar sangue inocente, mesmo quando o sino toca em sinal de rendição da cidade, Daenerys voa com Drogon e incendeia tudo, inocentes, inimigos, aliados (devem ter sido queimados também, apesar de não deixarem claro), mostrando que a personagem, de forma alguma, é aquela mesma que chegou a prender seus dragões, quando chegou aos seus ouvidos que estes haviam matado UMA criança, lá em Essos ainda.

Certo que ela tem passado por muitas provações e perdas de pessoas importantes e que lhe amavam, como Jorah e Missandei. Agora ela se vê num ambiente onde não se sente amada por quase ninguém, então escolheu ser temida. Isso justifica ela ter ligado o F*D@-SE, nesse episódio?! Talvez não, mas talvez amenize.

Fan Service

Muita gente aguardava o chamado “CleganeBowl” desde a primeira temporada, a luta final entre Sandor Clegane (Cão) e seu irmão mais velho, o Gregor Clegane (Montanha). E finalmente a série nos entregou essa, nem um pouco justa, luta. O Montanha zumbificado era impossível de matar, exigindo que o Cão se atirasse, junto com seu irmão na única coisa que ele aparentemente teme, que é o fogo.

Essa cena da luta entre os dois eu gostei, mas o fato do zumbi Montanha parar de atender aos comandos de seus mestres, tanto quem o criou, Qyburn quanto a quem ele servia cegamente, Cersei, eu achei meio sem sentido. A Rainha Lannister poderia ter mandado Montanha dar conta do Cão e continuado a fuga com Qyburn… acho que faria mais sentido.

OBS.: O Montanha não tava a cara do Anakin Skywalker (Darth Vader), quando Luke tira seu capacete no Episódio VI – O Retorno de Jedi? Ou só eu vi alguma semelhança?!

Profecia

Quem leu os livros ou acompanha canais no youtube que falam sobre Game of Thrones, com certeza já ouviu falar da profecia do Valonqar, que em valiriano significa irmão mais novo. Uma bruxa ao ver o futuro de Cersei lhe avisou como seria sua morta “quando suas lágrimas a afogar, o valonqar enrolará as mãos em sua pálida garganta branca e a estrangulará até roubar sua vida.” E isso ficou bem perto de se cumprir, exceto o fato de não ter sido Jaime que a estrangulou, mas ela estava chorando e ele tinha a mão dele no pescoço dela. E como os gêmeos já haviam dito na série, eles nasceram e morreram juntos. O que foi um final muito “bonitinho” para Cersei, diga-se de passagem.

  • Veja o teaser do último episódio – Saiba Mais.
  • Veja o Review do primeiro episódio – Saiba Mais.
  • Veja o Review do segundo episódio – Saiba Mais.
  • Veja o Review do terceiro episódio – Saiba Mais.
  • Veja o Review do quarto episódio – Saiba Mais.

Tivemos também nesse episódio a participação de Arya Stark, a Night King Slayer (Assassina do Rei da Noite), que não fez nada, a não ser quase morrer. Entrou em Porto Real, já sabendo que esta seria atacada, com o intuito de matar a Cersei, mas quando chegou na Fortaleza Vermelha, o Cão falou pra ela ir embora que a Rainha já iria morrer de qualquer forma… aí ela voltou. E foi nessa volta que ela quase morreu de várias formas, mas no fim um cavalo apareceu magicamente apareceu em meio aos corpos e escombros e ela sobreviveu. Game of Thrones mudou muito…

Outro detalhe que ficou até engraçado, foi a forma como a tão falada Companhia Dourada foi dizimada. Meu irmão, que assiste a série comigo, até chegou a compará-los à equipe formada pelo DeadPool em seu segundo filme, a X-Force! A gente criou uma expectativa grande, para vermos esse famoso grupo de mercenários em combate e… nem tem graça. Mas isso foi bem Game of Thrones raiz mesmo. Apesar de querer vê-los lutando, de fato eles não têm chances contra um dragão, ainda mais um que vem atacando pelas costas.

Agora resta apenas um episódio para sabermos quem irá sentar no Trono de Ferro no final disso tudo. Mas pelo andar da carruagem, eu não votaria na Daenerys para Rainha dos Sete Reinos não… Acho que Jon Snow não vai querer assumir essa responsabilidade, nem irá trair a Mãe dos Dragões. Já ouvi falar em Arya ou Sansa, mas acho Arya muito improvável… não faz o tipo de vida que ela queira viver, ficar sentada como rainha. Sansa até poderia ser, mas creio que ficará como protetora do Norte mesmo. Acho que se eu fosse escolher alguém pra apostar, eu apostaria no Tyrion (se bem que é capaz dele morrer por ter libertado o irmão), enfim… Vamos aguardar o último episódio e espero que seja um bom final, mesmo que não seja um final feliz.

 

O que você achou desse Review??? Coloquem aí nos comentários o que eu esqueci de comentar!

 

Curta a nossa página no Facebook!!!

Siga-nos no Instagram e no Twitter !!!

E continue acessando o nosso Site.

2 Replies to “Game of Thrones: O penúltimo episódio | Review”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *