Resident Evil: O reboot trará a essência do game? | Editorial

Resident Evil é um game lançado originalmente para PlayStation em 1996 pela Capcom, no ano seguinte foi convertido para PC e Sega Saturn. O sucesso foi tão grande que logo depois vieram as sequências Resident Evil 2 e Resident Evil 3: Nemesis. Durante os anos seguintes foram mais 4 jogos da franquia (não estamos mencionando os Remakes), tendo seu último lançado em 2017.

Em 1997, a Constantin Film adquiriu os direitos de adaptação da obra para o cinema e, em 2001, a Sony Pictures adquiriu os direitos e distribuição e contratou Paul W. S. Anderson como roteirista e diretor. Em 2002, foi lançado o primeiro filme de Resident Evil, com Milla Jovovich no papel principal e levando os fãs do game a loucura. Além desse, foram produzidos mais 5 filmes, tendo seu último filme lançado em 2016 com o título Resident Evil: The Final Chapter.

Os seis filmes da franquia arrecadaram um montante de US$ 1,2 bilhão, é a mais bem-sucedida franquia cinematográfica baseada em jogos eletrônicos, porém vem recebendo várias críticas negativas, principalmente os fãs dos games que ficaram super irritados com o caminho que o roteiro tomou. Outra reclamação do público foi por conta da protagonista Alice (Milla Jovovich), uma personagem criada especialmente para o primeiro filme (até então quem seria a protagonista era a personagem de Michelle Rodriguez).

Há um tempo atrás foi anunciado que a Constantin Film irá produzir um reboot de Resident Evil, e o diretor Johannes Roberts (seus filmes mais recentes são: 47 Metros Para Baixo e Medo Profundo: O Segundo Ataque) foi contratado. Semana passada Roberts concedeu uma entrevista ao site ScreenRant, ele disse que o reboot já está em pré-produção. Ele também comentou que estão trabalhando incansavelmente no desenvolvimento do projeto, e que a Capcom está ficando satisfeita com o resultado, ele ainda descreveu o filme como “super, super assustador” e que a produção vai voltar às raízes do game.

Seria viável um reboot de filme que teve seu final tão recente? Muitos responderam que não, porém essa resposta só saberemos quando começar a sair as primeiras informações, o primeiro trailer do filme ou até mesmo quando o assistimos. Com a informação de que o filme está super assustador e que voltará às raízes do game, nós fãs ficamos um pouco “aliviados”, pois o que queremos é um filme de qualidade, e que ele possa transmitir o significado que está no DNA de Resident Evil o Survival Horror/Terror.

O que você achou desse editorial??? Deixem os seus comentários logo abaixo…

 

Curta a nossa página no Facebook!!!

Siga-nos no Instagram e no Twitter!!!

E continue acessando o nosso site.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *