Netflix, após o sucesso da série lançada em 2019, The Witcher (veja o que achamos da série), com Henry Cavill no papel do bruxeiro que fez grande sucesso nos games, Gerald de Rivia, resolveu expandir o universo. Ela nos trouxe em formato de anime (segundo o streaming), The Witcher: Lenda do Lobo.

A proposta desde o início era mostrar a história sob o protagonismo de Vesemir, que, como todos que jogaram os games ou leram os livros do universo, se tornará o mestre de Gerald. A trama gira em torno da ganancia, poder e honra e é muito bem dirigida por Han Kwang II, que dirigiu também animações como “A Lenda de Korra” e “A Morte do Superman”. O roteiro foi escrito por Beau Demayo, que também foi responsável pelo roteiro do terceiro episódio da primeira temporada do live-action.

Por se tratar de uma animação, que tem bem menos restrições orçamentárias, principalmente as cenas de luta, ganharam uma fluidez maior, nos mostrando finalmente o que a série não conseguiu reproduzir tão bem. Na animação o bruxo demonstra ser um excelente espadachim, mas usa muito suas magias e poções. E também acaba nos dando uma dimensão maior dos perigos desse universo cheio de criaturas aterrorizantes que infernizam a vida dos humanos, uma vez que não existe gastos exorbitantes com CGI, para desenhar as criaturas.

Sem contar que aqui, no anime, nos é mostrado um pouco sobre a criação dos “bruxos”, como eles “são feitos”, seu treinamento e várias provações pelas quais passam antes de se tornarem os mutantes tão temidos neste universo fantástico.

O longa me agradou muito e tenho certeza de que quem curtiu os jogos, ou a série também irá gostar (até quem não gostou da série deverá gostar). O que não gostei, foi apenas o fato de parecer que correram muito com a trama, talvez se tivessem trabalhado o roteiro para dois filmes, as coisas acabassem fluindo com mais naturalidade. Mas isso não prejudica tanto assim.

 

Classificação

Vale a pena demais conferir essa animação que serve de interlúdio e nos apresenta esse personagem que deverá estar presente, bem mais velho, é verdade, na segunda temporada da série The Witcher. Vocês vão gostar dele.

By Beto Gondim

Meu passatempo favorito tem sido assistir filmes e séries. Nem me considero tão nerd assim, mas estou por aqui ajudando meus amigos, na direção de redação, supervisionando o nosso podcast lindo, o SiriCast e falando de coisas que curto bastante... espero que vocês também curtam.