O DCEU é uma verdadeira incógnita, pois há filmes independentes, como Coringa, Batman de Matt Reeves, e aqueles num Universo compartilhado. O que se pode esperar, como fã, como crítico, é a chegada do Flashpoint para o ajustamento dessas “pontas soltas”.

E isso parece uma quase certeza. Afinal de contas, o astro J.K. Simmons (“Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”) indicou numa entrevista ao Looper [via HH] que o filme Batgirl, onde o mesmo reprisará o seu papel como Comissário Gordon, estará num outro universo.

“Fiquei tão surpreso quanto quando [a Marvel] voltou para me pedir para fazer [Jameson] que eles estavam vindo até mim para interpretar o pai da Batgirl, o comissário Gordon novamente, nesta nova versão do universo. Já discutimos muito sobre o roteiro e como interpretar tudo. Estou animado com o elenco e os diretores e … ansioso para mergulhar de volta no multiverso DC.”

Ainda sem muitos detalhes, o filme trará a versão da Batgirl cuja identidade secreta é Barbara Gordon, a filha do Comissário Gordon. Nas HQs, ela usa o codinome Batgirl até ficar paraplégica em um ataque do Coringa, assumindo depois disso a identidade da especialista em tecnologia Oráculo, ajudando o Batman em suas investigações.

Leslie Grace (“Em Um Bairro em Nova York”) vai viver a protagonista, enquanto J.K. Simmons vai reprisar o papel do Comissário e Brendan Fraser será o vilão da vez, FireFly. Batgirl será dirigido pela dupla formada por El Arbi e Bilall Fallah (“Bad Boys Para Sempre”; “Ms. Marvel”), e terá roteiro de Christina Hodson (“Aves de Rapina”).

Veja também:

O longa da DC Entertainment será um produto da HBO max, que chegará as telinhas em 2022, ainda em data incerta.

By Amauri Alves

Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante (...) Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo