Velozes e Furiosos 5/Universal Pictures - Reprodução

Começaremos 2022 com treta!

O astro Dwayne Johnson rejeitou publicamente o convite de Vin Diesel para estrelar Velozes e Furiosos 10, da Universal Pictures.

Para quem caiu aqui de paraquedas, é preciso recordar a briga entre os figurões por espaço no filme em 2016, da turbinada franquia. Para resumir a história, ficaremos com esse texto abaixo da Revista Quem.

A polêmica começou em 2016, quando Dwayne Johnson publicou um texto em seu Instagram criticando membros do elenco masculino, afirmando que alguns não eram profissionais no set. Ao não dar nomes, The Rock alimentou rumores de uma rivalidade com Vin Diesel, já que notícias anteriores diziam que o ator estava atrasando o começo da produção.

Muitas águas correram, muitas alfinetas foram dadas, mas aparentemente as coisas haviam se resolvido. Podemos citar como clássico exemplo de colocar “panos mornos” sobre o problema, o post de Vin Diesel no Instagram do mês passado. O protagonista de Velozes e Furiosos reconheceu publicamente sua rivalidade com Dwayne Johnson, mas insistiu que “tudo já passou”. Ele até mencionou que seus filhos se referem a Johnson, como “Tio Dwayne” e que é hora de cumprir os desejos de Paul Walker encerrando a saga Velozes e Furiosos como uma família.

Dwayne Johnson não comentou imediatamente sobre o post do Instagram quando ele chegou às redes sociais. Muitos especularam que Johnson e Diesel se resolveram longe dos holofotes, mas agora a estrela de Adão Negro finalmente falou sobre o convite. Em um bate-papo com a CNN [via HH], Johnson deixou claro que “não há chance” de ele retornar para Fast and Furious 10 .

“Fiquei muito surpreso com a postagem recente do Vin. Em junho passado, quando Vin e eu realmente não nos conectamos por meio da mídia social, eu disse a ele diretamente – e em particular – que não voltaria para a franquia. Fui firme e ao mesmo tempo cordial com minhas palavras e disse que sempre apoiaria o elenco e sempre torceria para que a franquia fizesse sucesso, mas que não havia chance de eu voltar. Também conversei em particular com meus parceiros na Universal, todos os quais me deram muito apoio, pois entendiam o problema.

“A recente publicação pública de Vin foi um exemplo de sua manipulação. Não gostei que ele tenha citado os filhos no post, assim como da morte de Paul Walker. Deixe-os fora disso. Havíamos falado sobre isso meses atrás e chegamos a um entendimento claro.“

O que vocês acharam desse desabafo? Quem está certo? Deixe a sua opinião nos comentários…

Veja também:

O filme da Universal Pictures agora está disponível para alugar no VOD.

By Amauri Alves

Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante (...) Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo