O astro americano, Tom Hanks é conhecido pela entrega de seus trabalhos na industria cinematográfica e a aposta para a cinebiografia de Elvis, do diretor Baz Luhrmann, é que o artista repita a dose em termos de qualidade, mas de uma maneira bem diferente do usual.

No longa, Hanks viverá o Coronel Tom Parker – um empresário do ramo da música, que agenciou Presley – e o cineasta Luhrmann falou sobre o papel do amigo e ator no longa, ao CinemaBlend [via WGTC].

Quando se trata do Coronel Tom Parker, eu realmente gosto de ver Hanks vivendo o personagem – é uma das minhas grandes alegrias na vida é trabalhar com atores conhecidos, altíssimo nível. Mas eu me emociono com a ideia de ser útil, apenas de apoio, ao permitir que eles possam ser um pouco mais, você verão o quanto Hanks está diferente e espetacular nesse papel”.

A primeira etapa mostra Elvis como um jovem roqueiro nos anos 1950; a segunda, durante seu retorno triunfal no final da década de 1960; e a terceira e última, em uma apresentação nos anos 1970.

Austin Butler (“Era uma Vez em… Hollywood”) é o Rei do Rock. Hanks é o coronel Tom Parker, empresário de Elvis, enquanto Olivia DeJonge aparece como a esposa do cantor, Priscilla, e Maggie Gyllenhaal será Gladys, a mãe dele.

Elvis conta ainda com os atores David Wenham (“Top of the Lake”), Richard Roxburgh (“Moulin Rouge”), Dacre Montgomery (“Stranger Things”), Kelvin Harrison Jr. (Ao Cair da Noite), Luke Bracey (“Até o Último Homem”) e Kodi Smit-McPhee (“Ataque dos Cães”).

Veja também:

O roteiro foi escrito por Baz Luhrmann ao lado de Craig Pearce, com quem já desenvolveu as tramas de Moulin Rouge – Amor em Vermelho (2001), Romeu + Julieta (1996) e O Grande Gatsby (2013). O filme tem estreia prevista para 24 de junho, exclusivamente nos cinemas.

By Amauri Alves

Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante (...) Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo