E vamos de sexta temporada de The Expanse, depois de algum tempo sem atualizações de nova temporada, voltamos ao conflito entre Marcos Inaros e os Internos. Como todos aqui já devem ter visto na temporada anterior, o terrorista Belter Marcos Inarus lançou diversos meteoros na terra, causando uma grande tragédia sem precedentes que dizimou grande parte do planeta, que já sofria com problemas de abastecimento e tensões com as colônias em todo o sistema solar.

Combine isso com um novo artefato, de origem desconhecida, capaz de transportar as naves para diversos lugares do universo, com potencial de abrigar vida e desenvolver colônias. Uma esperança de novo começo para muitos espalhados pelo espaço, inclusive o Marcos Inaros.

Nessa temporada temos muita política envolvida, uma guerra pelo espaço, pessoas tendo que conviver com suas escolhas e principalmente o medo do desconhecido. A equipe da Rocinante, nave que abriga nossos protagonistas, mostra que ainda está convivendo com as escolhas da temporada passada para salvar sua amiga que fugiu do cativeiro do Inaros, que é pai de seu filho.

Não poso dizer que tudo são flores na história, por muitas vezes me senti entediado ao assistir trechos da temporada, principalmente quando se parte da parte política, onde a secretária geral da ONU, ou o que restou da organização, precisa fazer alianças que no passado eram consideradas impensáveis para deter a Marinha Livre, organização liderada por Marcos Inaros.

No saldo final da obra, foi uma temporada boa, sem muitas surpresas. Mas que mostraram o quanto a política pode ser uma ferramenta para a evolução de nossa sociedade, quanto para promoção de guerras, bastam ter o motivo certo e as armas corretas para fazer acontecer.

Classificação: 

Veja também:

Todas as temporadas de The Expanse podem ser encontradas no catálogo da Amazon Prime Vídeo.

By Mácio Lima

Vivendo em meu próprio isekai, estou constantemente buscando coisas novas para ler. Fã de Mangás clássicos como Bleach e Fairy Tail estou esperando por uma nova história que me faça passar a noite desejando o próximo capítulo. Obs.: Vivendo no momento um amor platônico com o universo Star Wars.