Perto de estreia, o diretor Daniel Espinosa passou a promover o filme da Sony Pictures. Ele explicou como o Morbius, de Jared Leto, é semelhante a alguns personagens notáveis ​​dos X-Men [via HH].

“A maioria dos grandes heróis são anti-heróis. A maioria de nós é resistente a aceitar que somos os escolhidos, e Morbius é o mesmo. Os personagens mais interessantes do universo Marvel sempre foram aqueles que tiveram um pé de cada lado: Magneto, Vampira, Wolverine, à sua maneira, Venom. Todos esses personagens são fundamentalmente os mais fascinantes para nós como espectadores e leitores de quadrinhos.”

Espinosa passou a chamar também Morbius de “um dos personagens mais altruístas do Universo Marvel” ao discutir sua origem trágica:

“Michael Morbius é um dos personagens mais altruístas do Universo Marvel. Ele é um dos poucos que realmente acredita no bem. Este bom homem tem uma doença horrível, e em suas tentativas para salvar a si mesmo e as pessoas que ele cuida, o transforma em um monstro.”

O diretor explica ainda o que faz de Michael Morbius uma boa pessoa, apesar de se transformar em um monstro:

“Quando Morbius descobre sua besta interior, ele fica com medo dela – e porque ele tem medo, ele também tem medo de seus poderes. Ele tem medo de que eles assumam o controle e o mudem, então ele está constantemente resistindo a eles. Para se tornar o herói, ele tem que aceitar seu destino: a jornada de Morbius é aceitar que ele continuará sendo a pessoa que é, mas ele precisa aproveitar esses poderes. No final do dia, ele é uma pessoa muito boa. Ele está usando seu talento, suas habilidades, sua educação, seu cérebro, em busca de atividades nobres. Ele não está isento de falhas – ele está quebrando algumas regras, mas está fazendo isso para encontrar a cura e ajudar pessoas como ele.”

Um dos personagens mais cativantes e conflituosos da Marvel chega às telonas quando o vencedor do Oscar® Jared Leto se transforma no enigmático anti-herói Michael Morbius. Perigosamente doente com uma rara doença sanguínea e determinado a salvar outros que sofrem o mesmo destino, Dr. Morbius tenta uma aposta desesperada. O que a princípio parece ser um sucesso radical, uma escuridão dentro dele é desencadeada e transforma esse curandeiro em um caçador.

Criado por Roy Thomas Gil Kane em 1971, o Dr. Michael Morbius (Jared Leto) é um bioquímico que se transforma em vampiro durante um experimento em que tentava curar uma doença sanguínea. Ele faz parte do belo “hall de vilões” do Homem-Aranha.

O filme é dirigido por Daniel Espinosa (“Protegendo o Inimigo”), e conta com roteiro de Burk Sharpless e Matt Sazama (“Power Rangers”). Matt Smith (“The Crown”), Adria Arjona (“Círculo de Fogo: A Revolta”) e Tyrese Gibson (“Velozes e Furiosos”) completam o elenco.

Veja também:

O longa estreará exclusivamente nos cinemas nacionais em 31 de março, um dia antes do lançamento internacional.

By Amauri Alves

Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante (...) Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

One thought on “Morbius: Diretor compara filme a outros personagens de sucesso da Marvel”

Comments are closed.