House of the Dragon/HBO max - Reprodução

Os showrunner’s DB Weiss e David Benioff não retornaram ao universo de Game of Thrones. Apesar de peças importantes no vasto e complexo tabuleiro, os erros na temporada final da série levou os cineastas ao ostracismo.

Leia a entrevista dada por eles a Entertainment Weekly [via WGTC], quando afirmaram que “era hora de seguir em frente”.

“No total, estávamos há 11 anos, provavelmente, fazendo aquele programa. Quando digo 11 anos, foi completo, tudo, o dia todo, todos os dias por 11 anos”, disse Weiss. “Foi a melhor década de nossas vidas. Ainda parece um pouco como um sonho, mas chegamos a um ponto em que ficou bem claro para nós que tínhamos chegado ao fim do que fazia sentido para nós estarmos envolvidos naquele mundo em que vivíamos. Parecia que, para nós, era hora de seguir em frente e ficar empolgados e aterrorizados em construir outra coisa – construir muitas outras coisas.”

O produtor alegou ainda que não faria sentido os dois se envolverem nos spin-off’s da HBO, o que é um ponto em que tanto a rede quanto os fãs podem concordar, dado o controverso destino de Game of Thrones em sua temporada final. .

Nós não enxergamos mais conexão com outras séries de Game of Thrones

As consequências foram tão “graves” para a dupla, que eles perderam projetos em outras franquias, como Star Wars.

A produção terá Ryan Condal Miguel Sapochnik como showrunners. Idealizada pelo próprio George R.R. Martin, o programa terá dez episódios para a primeira temporada.

O elenco ainda contará com: Matt Smith, Paddy Considine (“The Outsider”), Olivia Cooke (“Jogador Nº 1”), Rhys Ifans (“O Espetacular Homem-Aranha”), Steve Touissant (“Príncipe da Pérsia”), Sonoya Mizuno (“Devs”) e Graham McTavish (“Preacher”), entre outros.

Veja também:

A primeira temporada de House of the Dragon chegará em 2022 ao HBO max, mas ainda em data não definida.

By Amauri Alves

Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante (...) Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo