Apesar de rodar 300-200 anos antes da franquia original Game of Thrones, “A Casa do Dragão” deve abrir espaço para as mulheres chegarem ao trono de ferro.

Em entrevista ao CB, o showrunner Miguel Sapochnik explicou como pretende colocar duas mulheres no centro da história. Com destaque para Rhaenyra – a herdeira do trono de Westeros -, e sua melhor amiga Alicent Hightower – filha do braço direito do rei -.

Se você realmente focar na percepção do patriarcado sobre as mulheres, e o fato de que eles preferem se destruir do que ver uma mulher no trono. Essa não era uma perspectiva que eu já tinha visto antes. Acho que fiz esse programa parecer mais contemporâneo também.

E continua: “Elas crescem no mesmo quintal, que é a corte real. Mas Alicent é melhor em conformidade com os requisitos das manobras da corte, e Rhaenyra está cantarolando com o fogo do velho Targaryenismo. É como um aliado que vive dentro dela, e ela tem que aprender quando abafar esse fogo e quando confiar nele. Ela está cercada por um rastro de cinzas“.

Baseada no livro Fogo & Sangue de George R. R. Martin, “A Casa do Dragão” é um spin-off de Game of Thrones que narra a história de conquista de terras em Westeros, mais conhecida como a Dança dos Dragões. Situada mais de 200 anos antes dos eventos da série original, acompanhamos a guerra civil que acontece enquanto os meio-irmãos Aegon II (Tom Glynn-Carney) e Rhaenyra (Emma D’Arcy) almejam o trono após a morte do pai Viserys I (Paddy Considine). Rhaenyra é a filha mais velha, contudo, Aegon é o filho homem de um segundo casamento, o que acaba gerando uma crescente tensão entre dois clãs Targaryen sobre quem tem o verdadeiro direito ao trono. Como descrito em Game of Thrones, no tempo em que a família Targaryen dominava os 7 reinos, a casa era conhecida por seus imponentes dragões, que assim como a família, acabaram praticamente extintos após o conflito interno.

A produção terá Ryan Condal Miguel Sapochnik como showrunners. Idealizada pelo próprio George R.R. Martin, o programa terá dez episódios para a primeira temporada. O elenco ainda contará com: Matt Smith, Olivia Cooke (“Jogador Nº 1”), Rhys Ifans (“O Espetacular Homem-Aranha”), Steve Touissant (“Príncipe da Pérsia”), Sonoya Mizuno (“Devs”) e Graham McTavish (“Preacher”), entre outros nomes.

Veja também:

A série Game of Thrones, “A Casa do Dragão” estreia na HBO max em 21 de agosto.

By Amauri Alves

Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante (...) Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.