Depois dos fiascos de 2010 e 2018, a franquia Predador ressurge de uma maneira impressionante.

“O Predador – A Caçada”, ou “Prey”, o longa foi lançado aqui no Brasil no Star+, nos conta a história de uma habilidosa guerreira Comanche que tenta proteger seu povo de um predador alienígena altamente evoluído que caça humanos por esporte. Ela luta contra a natureza, colonizadores perigosos e essa criatura misteriosa para manter sua tribo segura.

A escolha do período histórico foi extremamente acertada, pois sair do que sempre foi feito nos últimos filmes, para quem sabe se afastar dos péssimos exemplos. Toda a parte técnica do filme como: Fotografia, direção de arte, trilha sonora e efeitos especiais estão de parabéns. O tempo do filme de 90 minutos também foi certeiro, não deixando oportunidade para qualquer tipo de “barriga” na produção. Talvez a única coisa que poderia ser melhor explorada são os colonizadores, que atuaram como personagens vazios – passou a ideia de que estavam por ali apenas pra morrer mesmo, típico camisa vermelha de Star Trek.

Falando um pouco mais sobre os efeitos especiais. O filme mostra efeitos especiais bem feitos e esconde bem, em sequências escuras, qualquer defeito que poderia ficar evidente e estragar a experiência dos espectadores. Muito embora, quando precisou se mostrar na luz do dia ele é bem competente e honesto.

O filme não se propõe a um roteiro muito rebuscado. O que não quer dizer que não tenha boas sequências de ação e suspense, que envergonham ainda mais o último filme de 2018 e algumas produções milionárias de herói.

“O Predador – A Caçada”, da 20th Century Studios, pode ser sim o ressurgimento da franquia Predador. Se focarem em histórias bem contadas e não com replicações dos filmes anteriores, a saga tem ainda um futuro promissor.

 

Classificação:

Leia também, outras críticas nossas:

O longa – que possui classificação para maiores de 18 anos, ou seja “R” – é comandado Dan Trachtenberg (“Cloverfield, 10”), a partir dos textos de Patrick Aison (“Jack Ryan”, “Treadstone”). O filme “O Predador – A Caçada” chega hoje (05) no Star+.

One thought on “O Predador – A Caçada (2022) | Crítica”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.