Ciborgue: Warner Bros. estaria desenvolvendo filme, sem a presença de Ray Fisher

Liga da Justiça deu o que falar. O filme que assistimos em 2017, sofreu vários cortes, tornando-se num emaranhado confuso do que o cineasta Zack Snyder propôs para o DCEU. Resultado, fracasso e sim, uma nova versão, agora do diretor primário, que será lançada na HBO Max, em 2021.

Um dos expoentes na luta pelo novo corte, o astro Ray Fisher que viveu o herói Ciborgue na trama, declarou inúmeras vezes, que sofrera assédio moral e preconceito durante a gestão Joss Wheadon, em que o diretor esteve a frente da Liga da Justiça. Fisher também arguiu que levou aos produtores do estúdio a situação, mas não foi ouvido. O que nos leva hoje aqui.

A Warner estaria desenvolvendo um novo projeto para o Ciborgue, todavia não contaria com Ray no papel. De acordo com We got this covered, Fisher faria uma última aparição em The Flash, onde seria substituído por um outro ator, em futuras produções. Se isso ocorrerá ou não, teremos que esperar pelos desdobramentos futuros. Por enquanto, poderemos o vê-lo, em Liga da Justiça, versão Zack Snyder, na HBO Max, que será lançado, no ano que vem

Sinopse: “Impulsionado pela restauração de sua fé na humanidade e inspirado pelo ato altruísta do Superman (Henry Cavill), Bruce Wayne (Ben Affleck) convoca sua nova aliada Diana Prince (Gal Gadot) para o combate contra um inimigo ainda maior, recém-despertado. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha buscam e recrutam com agilidade um time de meta-humanos, mas mesmo com a formação da liga de heróis sem precedentes, poderá ser tarde demais para salvar o planeta de um catastrófico ataque.”

Veja também:

Com mais de 3h30 min de duração, no formato de minissérie, Liga da Justiça de Zack Snyder tem previsão chegar no início de 2021, através do streaming da WarnerMediaHBO Max.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *