O Culpado: Astro e diretor discutem filme da Netflix. Leia!

Em breve, “O Culpado” de Antoine Fuqua (“Sete Homens e um Destino”; “O Protetor”) e Jake Gyllenhaal (“Homem-Aranha: Longe de Casa”) chegará as telinhas e telonas. E as estrelas desse filme conversaram com exclusividade ao Comicbook.com sobre o longa.

[Foi] definitivamente desafiador e foi bom fazer algo onde eu não estava atirando em alguém e explodindo alguém, por si só,” detalhou Fuqua

Acho que o maior desafio é que sou um ator bastante físico”, lembrou Gyllenhaal sobre a experiência de filmagem. “Gosto de estar no meu corpo e de me movimentar e de ficar isolado em uma cadeira, não conseguia me mover de verdade. Mas também acho que foi uma experiência muito interessante porque acrescentou a minha atenção e um desejo e uma frustração e há muitos sentimentos que surgiram disso. Eu sempre soube que seria um filme sobre ouvir outras pessoas, isso é atuação. A primeira coisa que você aprende, a primeira coisa que qualquer professor de atuação diz é que atuar tem a ver com ouvir. Mas, na verdade, são realmente os outros atores neste filme que atuam para mim. Estamos ouvindo eles mais do que me ouvindo e eles são todos tão incríveis nisso .Então, são realmente eles.

Embora a narrativa permaneça amplamente fiel ao filme original, Fuqua apontou as maneiras pelas quais ele queria diferenciar essa nova versão de seu antecessor.

Queríamos fazer em Los Angels, queríamos trazer … alguns dos problemas que estão acontecendo neste país. Havia coisas sobre isso, visualmente, que eu pensei que você poderia fazer um pouco mais em nosso filme”, apontou o diretor. “Eu acho que o filme [de Gustav Möller] foi ótimo. Foi fantástico. Eu queria trazer um pouco mais de visual, os incêndios e a sensação disso e todas essas coisas. A cena de abertura, o grande helicóptero de LA. Eu e Jake conversamos sobre isso antes, eu ouvia o filme, lia o roteiro, até mesmo ouvir o filme quando o filmamos de olhos fechados, uma vez que tínhamos todas as gravações e era exatamente como o que eu vi.

Sinopse: “Em uma manhã na central telefônica do serviço de emergência 911, o atendente Joe Bayler (Gyllenhaal) tenta ajudar uma mulher em perigo, mas logo descobre que nada é o que parece. A única saída é encarar a verdade”.

Além de Gyllenhaal, o longa contará com: Ethan Hawke, Riley Keough, Paul Dano e Peter Sarsgaard.

Veja outras críticas nossas, de produções da Netflix:

Sob o comando de Antoine Fuqua (“Sete Homens e um Destino”; “O Protetor”), e roteiro de Nic Pizzolatto (“True Detective”), “O Culpado” chegará a cinemas selecionados em 24 de setembro, e na Netflix, em 1º de outubro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *