A Love So Beautiful – 1ª temporada (2020) | Review

A Netflix tornou-se a “queridinha” entre os amantes de produções sul-coreanas. Volta-e-meia, o streaming traz em seu catálogo programas como “A Love So Beautiful”, que conta uma história “super-fofa” entre o amor real e o platônico.

Criado por Choi Yoo-jungJang Yoo-Yeon, o K-Drama possui 24 episódios, de 20 min/cada, e constrói a relação entre  Shin Sol-i (So Joo-yeon), uma estudante de 17 anos que está perdidamente apaixonada por seu vizinho e colega de classe Cha Heon (Kim Yo-han). No entanto, ela parece não ser correspondida pelo “amor”, apesar dos muitos esfôrços até a chegada de um novo colega de sala, Woo Dae-sung (Yeo Hoi-Hyeon).

O drama é trabalhado em duas fases. A primeira e a mais longa, é dinamicamente a mais afetiva e emocional, que retrata a construção da amizade em um relacionamento amoroso. Essa dinâmica torna-se a “Porta de Entrada” perfeita para inserção de personagens secundários interessantes, fora do triângulo amoroso, como é o caso de Jo Hye-joo e Jeojong Jin-hwan. Cade detalhe importa e servirá de esteio para o seriado. Na fase mais curta, a adulta, os problemas reais abraçam os protagonistas. Shin Sol-i, uma jovem artista de mangás e Cha Heon, como um cardiologista promissor.

Com uma trama superficial mas encantadora, “A Love So Beautiful” mescla bem os conceitos de drama e comédia – algo comum a tal segmento artístico -. São felizes na tecnicidade das coisas, na promulgação do roteiro, nos cortes e edições diretivas, mas previsíveis.

O programa do Studio Dragon abusa da inocência e da perspectiva simples do público. E isso funciona?! Sim… Mas, não queira buscar o novo ou o surpreendente aqui, tomando um “chá da tarde com biscoitos”. “A Love So Beautiful” encontra-se no patamar de muitas outras produções sul-coreanas, próxima ao padrão, bom elenco, história razoável, mas sem grandes alardes.

 

Veja outros artigos, review’s, críticas de produções orientais, com espaço na Netflix:

A primeira temporada de “A Love So Beautiful”, do Studio Dragon, encontra-se na Netflix, nas versões legendadas e dublada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *