Cidade Invisível – 1ª Temporada (2021) | Crítica

A série brasileira, Cidade Invisível, assinada por Carlos Saldanha, chegou ao catálogo da Netflix no início desse mês e tem dado o que falar, aqui e, até mesmo, fora do Brasil. Um suspense intrigante que leva o espectador a querer assistir ao próximo episódio afim de explicações que nem sempre são dadas. Confira prévia:

Um fato bastante interessante da série, é que ela trata das nossas lendas. O Boto-Cor-De-Rosa, o Curupira, o Saci e outros seres do folclore brasileiro podem ser vistos durante a série. Como seriam se estivessem esses seres fantásticos caminhando entre nós, meros mortais?! E se algo, ou alguém estivesse ameaçando a existência deles?!

A série pode ser comparada a várias outras, já li comparações com a clássica série de investigação Arquivo-X, pois tem essa pegada investigativa, uma vez que nosso personagem principal, Eric (Marco Pigossi), é um policial, que, não satisfeito com o laudo da morte de sua esposa, Gabriela (Julia Konrad), decide iniciar uma investigação, nem que seja por conta própria. 

Atuações que, em geral, deixaram a desejar, embora algumas, como a do protagonista, por exemplo, tenham sido muito boas e um roteiro que apesar de intrigar, parece não entregar tudo que o público precisa. Ao menos foi a impressão que ficou para mim e para muitos gringos que já assistiram a série, a de que poderiam ter feito muito mais, poderiam ter trabalhado muito mais esses seres fantásticos do nosso folclore. 

Apesar dos pesares, a série tem boa repercussão lá fora e aqui no Brasil e me surpreendeu bastante ver algo desse gênero, que me lembrou bastante a série American Gods (Deuses Americanos), ser produzido no Brasil. Essa pegada de terror e suspense, que chega a lembrar alguns contos do H.P. Lovecraft, usando personagens genuinamente brasileiros foi algo que me fez gostar da série, apesar de tudo. Espero que esse seja só o começo e que venha uma segunda temporada melhor que essa primeira, pois espero suprir esse sentimento de falta que me deixaram.

Sem dar spoilers isso é tudo que tenho pra falar da série, mas recomendo que vão lá assistir e criem suas próprias conclusões.

Classificação:

Veja outras críticas, que fizemos, de produções desse ano, da Netflix:

A primeira temporada de Cidade Invisível encontra-se no catálogo da Netflix.

One Reply to “Cidade Invisível – 1ª Temporada (2021) | Crítica”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *