John Krasinski explica origem dos monstros da franquia “Um Lugar Silencioso”

John Krasinski, diretor e criador do universo da franquia, “Um Lugar Silencioso“, resolveu revelar mais sobre os monstros que nela habitam ao podcast da Empire [via Collider].

As criaturas são alienígenas que não enxergam, mas possuem uma super audição: “Eles são de outro planeta”, explica Krasinski“Onde eu desenvolvi a ideia deles e de como eu queria que eles fossem foi na contraposição à maioria dos filmes de aliens, que sempre são sobre invasões, planos, como criaturas pensantes, e para mim a ideia de um predador, um parasita, algo introduzido no meio-ambiente [era interessante]”.

Ao desenvolver a história de fundo do que aconteceu quando os alienígenas chegaram pela primeira vez, Krasinski propôs uma comparação apropriada, mas perturbadora: “Lembro-me de uma piada terrível que disse que seria – é nojento e perturbador, mas é verdade – seria como soltar lobos em uma creche. É assim que o mundo responde.

“A ideia é que se elas cresceram em um planeta sem humanos e sem luz, elas não precisam de olhos, mas podem caçar pelo som. Elas também desenvolveram uma forma de proteção, que é o motivo pelo qual são à prova de balas”, diz.

Para concluir, os alienígenas vieram para a Terra depois que seu mundo natal foi destruído:, já que dificilmente seriam capazes de pilotar uma nave espacial. Segundo o diretor, a armadura desenvolvida por eles é também o motivo deles terem sobrevivido aos meteoritos que destruíram seu planeta-natal e que acabaram os trazendo até nosso planeta. “Até que eles se abram e se exponham, eles são totalmente invulneráveis“, concluiu.

Veja também:

A esperada continuação do suspense dirigido por John Krasinski e estrelado por Emily Blunt e Cillian Murphy, chega agora aos cinemas do país em 24 de junho e também terá pré-estreias pagas, em cinemas selecionados, a partir do dia 17 de junho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *