Mais um episódio estranho entre a Rússia e os animes. Leia!

Já não é de hoje que a Rússia vem declarando guerra aos animes, sim, eles estão incomodados com as mensagens passadas pelos animes para suas crianças.

A corte Russa achou por bem que agora deveriam banir os animes do gênero “isekai” do seu país, a decisão veio por que tal gênero que trata de pessoas que vão parar em outro mundo reencarnam. Isso mesmo, o tema reencarnação não é uma ideia aceita por lá [via KYM].

O tribunal russo em São Petersburgo proibiu um total de cinco títulos de anime, citando a lei federal russa para a proteção de crianças de informações prejudiciais. A lista de séries proibidas inclui:

  • Isekai KonoSuba;
  • That Time I Got Reincarnated as a Slime;
  • Zombie Land Saga;
  • Nekopara e;
  • Princess Lover!

Citaram o “Konosuba” como um exemplo pois as bençãos divinas ao reencarnar em outro mundo melhor que esse seria uma mensagem prejudicial, não queria entrar por esse lado, mas esse conceito é bíblico, se você for uma boa pessoa ao morrer iria pra o céu, ou seja, um lugar maravilhoso, em fim…os argumentos são muito contraditórios.

Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku o!/J.C.Staff – Reprodução

O estranho da lista é que “Zombie Land Saga” não é bem um Isekai, já que as personagens foram ressuscitadas no mesmo mundo e não em outro, o que demonstra que a luta é contra o conceito de reencarnação e ressurreição, durante a decisão lembraram que animes considerados explicitamente sexuais (possivelmente por isso Nekopara e Princess Lover! entraram para lista) e violentos também foram banidos títulos como “Death Note” e “Tokyo Ghoul” já não passam lá faz bastante tempo.

Veja também:

Agora vamos esperar pra ver qual outros títulos serão banidos e por qual outro motivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *