“Não curto a ideia de ressuscitar personagens”, afirma James Gunn

Costumeiramente nos quadrinhos, alguns personagens mortos voltam a vida de maneira injustificável, ou nada ortodoxa, quando mortos em grandes sagas. Mas isso cola por lá, na DC Comics ou na Marvel Comics!? Digamos que sim!

E assim como nas páginas quadriculadas, alguns fã creem que isso pode se tornar o futuro dos estúdios nos cinemas – obviamente, eles não aceitam a morte de Tony Stark (Robert Downey Jr.).

E essa pergunta foi feita à James Gunn, aquele que coabita entre os dois mundos, se ele tornaria a vida algum personagem morto num filme seu – talvez lembrem de Yondu (Michael Rooker). E o cineasta respondeu aos fãs no twitter. Confira:

Para mim, há uma diferença entre mortes verdadeiramente significativas e mortes de reviravolta na história onde alguém parece morrer e então não morreu. Mas se você ordenhar essa morte – como, digamos, Yondu ou Tony Stark – não será uma narrativa nada barata para trazê-los de volta.” Depois que outro fã entrou na conversa e disse que essas ressurreições tornariam o MCU “mais parecidos” para os quadrinhos, Gunn afirmou que deveriam ser coisas diferentes.

Veja também:

Ainda sem detalhes, Guardiões da Galáxia Vol. 3 deve ser estrelado por: Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Vin Diesel, Cooper Bradley, Karen Gillan, Pom Klementieff, Elizabeth Debicki Sean Gunn.

O longa segue sem previsão para chegar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *