Noa Tsurushima, de Kamen Rider Zero-One, fala sobre pensar demais

Noa Tsurushima, que interpretou a nossa querida Izu e também a terrível Azu em Kamen Rider Zero-One, compartilhou seus pensamentos e tendências ao site Sponichi. Dá uma conferida:

Izu – Azu – Kamen Rider Zero-One – Toei – Reprodução

Tsurushima: Sempre há algo com que se preocupar. Gosto de pensar nas coisas. Eu penso demais nas coisas, mas acho que é um hobby meu. Não acho que haja nada de errado em ser negativo. Não quero ter uma atitude do tipo “seja o que for” em relação às coisas. Talvez pensar dessa forma faça você se sentir adulta, mas sempre que acabo pensando assim, digo a mim mesma: “não, isso não está bem”. Especialmente durante esses tempos difíceis, muitas coisas acontecerão, então estou me agarrando a isso (mantra dela). Não quero trazer esse tipo de pensamento para os meus 20 anos.

 

Sponichi: É um senso de caráter. Para dizer a verdade, você é alguém com um coração forte. Você viveu uma vida em que nunca teve seu pensamento mudado, isso fez você se sentir deslocada em sua geração?

Tsurushima: Sinto-me muito deslocada (risos). É por isso que há muitos que acham que meus amigos e eu somos estranhos. Eu não me senti constrangida até que isso foi apontado em entrevistas quando eles (os repórteres e entrevistadores) disseram isso.

 

Sponichi: Estranho ou não, não acho que haja má vontade quando falamos com pessoas como você. Se eu tivesse que dizer, isso a torna mais acessível. Talvez seja tudo graças ao amor e cuidado dos pais por sua única filha. Como estar aninhado em uma fina película de amor.

Tsurushima: Foi-me demonstrado muito amor (risos). As pessoas me disseram como Izu é fofa e incrível. Acho que eles estão me elogiando muito, mas essas palavras realmente me ajudam a trabalhar duro. Isso vale para meus amigos e também para muitos outros que me elogiam.

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *