Pesquisa indica que 75,8% dos gamers brasileiros estão jogando mais no período de isolamento social

A 8ª edição da Pesquisa Game Brasil (PGB), o mais importante levantamento anual sobre o consumo de jogos eletrônicos no país, revela como o isolamento social, provocado pela pandemia de COVID-19, impactou no consumo de jogos eletrônicos: de acordo com a pesquisa, 75,8% dos gamers brasileiros afirmam jogar mais durante o período.

Além disso, a PGB revela que 45,4% dos gamers no Brasil baixam apenas jogos gratuitos, devido ao preço elevado dos títulos (46,6%); ao fato de que as suas necessidades são supridas pelas opções gratuitas (34,9%); e para não correrem o risco de se arrependerem do investimento (22,7%). A maioria do público (33%) não investe nenhum valor de outra maneira com jogos, mas 32% gastam em moedas virtuais, 31,4% em itens de melhorias e 31,1% em expansões de jogos.

Perfil dos gamers brasileiros, segundo a 8ª PGB – Divulgação

A pesquisa envolveu muito mais itens, como:

  • De acordo com a 8ª edição da Pesquisa Game Brasil (PGB), 72% da população do país jogam jogos eletrônicos;
  • O estudo mostra a ascensão das pessoas de classe média e da base da pirâmide social (C1, C2, D e E) no consumo de jogos, representando 49,7% do jogadores na soma;
  • O smartphone é a plataforma favorita dos brasileiros, com 41,6% da preferência;
  • A maioria dos jogadores se identifica como branca (46%), enquanto pardos e pretos representam 36,7% e 13,6%, respectivamente (50,3%, na soma);
  • Mulheres continuam representando a maioria entre jogadores (51,5%); adultos são o principal público, com 41,1% dos gamers entre a faixa dos 20 aos 29 anos; 
Dados levantados, pela PGB, sobre a pandemia – Divulgação

Veja também:

A PGB 2021 entrevistou 12.498 pessoas no Brasil, em 26 estados e no Distrito Federal, entre os dias 7 e 22 de fevereiro de 2021. Para saber mais vistem: Pesquisa Game Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *