Pokémon – O Filme: Mewtwo Contra-Ataca (2019) | Crítica

22 anos após o clássico filme que deu a entrada do universo Pokémon aos cinemas a Netflix apresenta para os saudosistas de carteirinha e os novos fãs da franquia uma releitura do clássico filme de animação lançado em 1998 e o resultado surpreende. Confira prévia:

Apesar das vozes originais terem sido mudadas com o tempo (são 20 anos né?) os novos dubladores não deixam a desejar e trazem toda a dinâmica vista no primeiro filme da série. Tenho que admitir que ouvir a voz do Superman como Mewtwo me deixou bem empolgado com relação ao que tinha por vir no anime.

Os elementos abordados por sua vez seguem à risca o filme original, como uma receita de bolo eles trouxeram as cenas que marcaram no filme e agora tudo com um visual 3D cada vez mais comum da produção de obras desse tipo. Relembrar todas as cenas do clássico foi muito gostoso de ver e tenho que admitir mais uma vez, algumas lágrimas surgiram nos meus olhos na cena de Ash se sacrificando pelos Pokémon durante a batalha de Mew e Mewtwo.

Pokémon: Mewtwo Strikes Back EVOLUTION/Netflix – Reprodução

Ao final de tudo tenho que agradecer a Netflix por trazer de volta toda a emoção dos primeiros Pokémon, assim como Brock e Misty, os primeiros companheiros de Ash em sua jornada para se tornar mestre dos bichinhos de bolso.

Agora que essa fórmula mostrou seu potencial, espero que a Netflix continue com essa receita e traga outros clássicos filmes de Pokémon que marcaram a infância de muitos os que nos acompanham no SiriNerd.

Classificação: Pokémon o Filme: Mewtwo Contra Ataca – Netflix

Veja outras críticas ligadas a Netflix:

O lançamento de Pokémon – O Filme: Mewtwo Contra-Ataca ocorreu no dia 27 de Fevereiro na Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *